Archive for the Sinopses Category

Isnean Camargo do Nascimento!

Posted in coisas minhas..., Meu Ponto de Vista, Sinopses on agosto 15, 2011 by otavioluiz01

Não sei nem por onde começar, o que escrever…

Hoje, dia difícil para mim, passei só, quieto, calado e como de costume reservo um momento para leitura, o local foi o MASP…

Ao parar o carro, um rapaz falou “amigo, posso olhar pra vc?” falei que sim, claro… caminhei até o masp e comecei minha leitura, fazendo a leitura (A Arte da Guerra), com a cabeça longe, diversos motivos.
De repente, esse mesmo rapaz se aproxima e fala: “Foi você quem deixou o carro lá, né?” Falei que sim… “O menino tá olhando lá pra vc” Falei, obrigado!

Daí, eis que começa o meu propósito do dia, da vida, sei lá… mas, eu precisava estar ali, naquele momento…
Começamos um batepapo:

Eu: Tá tranquilo?
Isnean: Opa, tudo e vc, lendo o que?
Eu: A Arte da Guerra, conhece?
Isnean: Já ouvi falar, mas, não sei ler direito.
Eu: Entendi, mas, se quiser vc aprende.
Isnean: É verdade!
Eu: Você é de onde?
Isnean: Sou de São Luis do Maranhão.
Eu: Tem quantos anos velho?
Isnean: Tenho 26… não, 27… 27… fiz dia 04/08
Eu: Legal cara, parabéns!
Isnean: Obrigado!
Isnean: Sabe onde você deixou seu carro?
Eu: Sim.
Isnean: Eu durmo ali tá ligado.
Eu: Pô cara, na rua mesmo, vc não tem um trampo?
Isnean: Eu dava um trampo no lava rápido ali, mas fechou manja, o cara adulterava a gasolina ai fechou tudo, posto e lava rápido…
Eu: Entendi, mas, logo você arruma outro…
Eu: Cara, vou ser sincero, o que não pode é você estar na rua e fazendo as coisas erradas, roubar, usar droga, porque ai a caminhada fica mais difícil entendeu?
Isnean: É cara, a caminhada já é difícil, já é duro!
Eu: Por você morar na rua?
Isnean: Não velho, eu to tipo de condicional mano…
Eu: Puts cara, mas o que você fez, onde vc tá trancado?
Isnean: Eu entrei numas de roubar em farol, ali no centro, eu e uns 3 meninos, eu era maior de idade, só eu fui preso…
Eu: Po cara, mas fé em Deus, fé que você se levanta!
Isnean: Eu ja melhorei muito, to comendo esse lanche aqui, que é minha janta tá ligado, não fumo nem cigarro mais…
Eu: Isso ai velho, é difícil, mas você consegue, tenho certeza!
Eu: E a sua família?
Isnean: Tá tudo no Maranhão né, minha mãe, minhas irmãs…
Isnean: Minha mãe veio me ver uma vez! Faz 3 anos que eu to ali, faz 3 anos que eu passei nessa paulista oh, no camburão, por causa de 5 minutos, perdi 6 anos da minha vida…
Eu: Mas vc tem fé que vai mudar?
Isnean: O que eu mais tenho é fé!
Eu: Com a fé em Deus, você pode tudo!
Eu: E onde você tá, é veneno?
Isnean: Não é não, onde tem o comando, é colônia, tudo na paz, não tem desacerto.
Eu: Comando é o partido?
Isnean: É.
Isnean: Lá dentro eu trabalho, faço faxina, cozinho, e acho que mais uns 90 dias eu saio…
Isnean: Ai tem uns meninos ali, que vão arrumar serviço pra eu trabalhar, faço qualquer coisa…
Eu: Isso ai, fé em Deus, coloca sempre Deus na sua vida, que tudo acontece como ele quer!
Isnean: Pô cara, dificilmente alguém para pra conversar com a gente, sempre esnobam a gente, sem nem olhar nos seus olhos, te discriminam tá ligado? te tratam como lixo!
Eu: Velho, pra quem faz a correria certa, já é difícil, imagina pra quem caminha errado?
Isnean: Vou sair de lá e arrumar esse serviço, vou me ajeitar, você vai ver!
Isnean: Lá na colônia, eu faço de tudo, já fiz e vendi até cachaça…
Eu: Aquela de arroz?
Isnean: Isso, sabe como é mais ou menos né?
(Ele explicou toooodo o processo de como faz a pinga…)
Eu: E você vendia a quanto?
Isnean: A R$20 cada 200ml, me levantava com essa grana, demorava quatro dias pra fazer.
Isnean: Onde eu durmo, tem 100 comigo, mas é tudo na paz.
Eu: Onde é?
Isnean: Franco da Rocha.
Isnean: Tenho que voltar amanhã, as 10hs tenho que estar lá.
Eu: Sai cedo daqui hein!
Isnean: Vou de trem, dá pra chegar!

O papo seguiu por muito tempo, deu para perceber um arrependimento no olhar, e uma vontade de mostrar pro mundo que ele pode ser útil, que tem conhecimentos que podem ser aproveitados.

Eu só não entendo o sistema, como podem dar “indulto” para pessoas que não tem onde ficar, que ficam nas ruas, dormindo, se alimentando nas ruas? Como podem evoluir?
Como ele mesmo disse num momento, “se o cara não tiver uma cabeça boa, equilibrada, ele não sai mais dessa vida”, nessa hora eu falei pra ele, “eles querem exatamente isso, eles dependem disso para que tudo funcione…”

Sei que eu conheci uma pessoa que errou, e quer mudar, quer fazer algo pra mudar, mesmo que sozinho, abandonado pelo sistema, não nega que irá se recuperar!

Daqui, vou orar, vi sinceridade num olhar, ajudei como pude e espero vê-lo bem e em breve.
Não sabia por onde começar o post e não sei como terminar… posso talvez acrescentar textos aqui…

Lógico que me despedi com os olhos lacrimejando, não queria, mas foi inevitável… ao ver os olhos dele da mesma forma…

Que Deus possa ouvir as preces minhas, de sua mãe e familiares e que tenhamos um cidadão de bem, recuperado!

Anúncios

o pior dos inimigos, o EGO!

Posted in coisas minhas..., Curiosidades, Meu Ponto de Vista, Sinopses with tags , , on junho 20, 2011 by otavioluiz01

“O problema é que o ego se esconde no ultimo lugar em que você o procuraria, em si mesmo.”

O dia em que a terra parou

Posted in Sinopses on maio 10, 2009 by otavioluiz01

Esse filme diz exatamente o que eu penso sobre a relação entre a raça humana e os extra-terrestres, eles nos observam como se fossemos animais não racionais.

Tavinho 🙂

Emocionante …

Posted in Sinopses on abril 28, 2009 by otavioluiz01

Filme Sete Vidas com Will Smith …

Quem assistir a esse filme com certeza vai sentir algo diferente, a mensagem de “ajuda” é maravilhosa !

Tavinho 🙂

Fuga do mundo, ou de si mesmo …

Posted in Sinopses on março 5, 2009 by otavioluiz01

A mensagem passada nesse filme, que me fez chorar, é que nós nos sucumbimos a um mundo capitalista, cheio de intrigas, regras inúteis e sem liberdade.

“Se admitirmos que a vida humana possa ser regida pela razão, então está destruída toda a possibilidade da vida”.

” A felicidade só é real quando compartilhada ”
Ambas as frases são de “Christopher McCandless”

Tavinho 🙂

* Agradeço ao Emerson pela indicação !