Temos mesmo que ter uma copa do mundo?

Posted in Futebol, Meu Ponto de Vista with tags , , , , on julho 27, 2011 by otavioluiz01

Qual é a prioridade?
Um estádio, dois, três?

10, 15, 30 bilhões em investimentos?

Me enoja…

o dia de hoje…

Posted in coisas minhas... with tags , , on julho 27, 2011 by otavioluiz01

Hoje, talvez um dia normal, mas, não tudo tão normal.

Com alegria, eu e uma criança conversamos, segue dialogo:

Criança – Oi tio 🙂
Tavinho – Oi, tudo bem com vc, vc é linda! 🙂
Tavinho – Quantos anos vc tem?
Criança – Tenho 08!
Tavinho – Você estuda?
Criança – Estudo, hoje começaram as aulas, fui para a escola e minha professora vai me dar as roupas da filha dela!
Tavinho – …
Tavinho – …
Tavinho – Você gosta da sua professora né, obedece ela, faz as lições?
Criança – Faço tudinho, vou ser igual a ela!

Essa foi uma mensagem de Deus para mim, eu, que estava ali preocupado, veio essa criança e me fez refletir sobre a vida(novidade!).
É uma situação tão complexa de se analisar, eu tenho exemplos próximos de crianças bem alimentadas, criações difíceis, educação conturbada e de repente, outra realidade, uma criança, vai à escola e fica feliz por receber uma doação e recebe isso de forma natural e fica ansiosa, esperançosa para o dia seguinte…

São dois polos, duas verdades, essa criança com certeza irá crescer com essa imagem, e terá a dimensão exata da dificuldade, creio eu que por ela mesma, sem ninguém para ensinar, a vida ensinando!

Ganhei um olhar hoje, sincero, um sorriso sincero, lindo… me deu energia para continuar!

A imagem abaixo é ilustrativa!

Posted in coisas minhas..., Musical on julho 25, 2011 by otavioluiz01

“Oh grande Jah, dai-me força para aprender, força para ensinar…”

a uns 2.000m de altitude…

Posted in coisas minhas..., Viagens with tags , , , , , , on julho 25, 2011 by otavioluiz01

Ao chegar em Bom Repouso avistamos “a Pedra”. Combinamos de ir conhecer. Sensação única, reflexões, liberdade, poesia, mudança, família, coração, amigos, tudo isso e outros milhões de coisas, passam em flashs duradouros, quase esquecemos de vir embora, quase esquecemos que o lugar onde vivemos existe, pois não deveria existir!

O coração anda gelado, há tempos assim, faziam os olhos lacrimejar… pensei em algo assim, “seja lá o que você estiver pensando em fazer, faça, se estiver pensando que ama, lute, brigue, ame, faça disso uma verdade, pois, ninguém tem o dom de ler pensamentos, então se não agir, tudo o que você pensa será em vão!”

Muitos são os lugares que a vida nos reserva para refletirmos. Pedras como essa estão ali, sabe Deus até quando, para olharmos e sentirmos o verdadeiro amor!
A vida está num processo de evolução, ou revolução constante, mudanças drásticas acontecendo e o básico da vida sendo deixado de lado.

Ali em cima, eu sinto saudade de muita coisa, muita gente, pessoas importantes, que um dia me fizeram e outras ainda me fazem feliz. Ali em cima o céu é tão perto…

Sou um cara meio da antiga, curto coisas românticas, nostalgia, vivo num tempo distante do que eu gostaria de ver e viver.

Obrigado ao meu irmão Emerson, trilheiro, tá em todas!
O objetivo da viagem foi ver o Vô, que nos dá paz e ótimas risadas, junto aos primos, é para amar ou não?Escolho amar!

pensamentos…

Posted in coisas minhas... with tags , on julho 17, 2011 by otavioluiz01

” Porque tudo se interpreta, inclusive o silêncio.” Emilio Caldara

Reflita!

Posted in Atualidades, Curtas, Meu Ponto de Vista with tags , , , , on julho 13, 2011 by otavioluiz01

“Ver as águas dos rios correr, ouvir os pássaros cantar…”

Posted in coisas minhas..., Musical with tags , , on junho 24, 2011 by otavioluiz01

Preciso me encontrar

Deixe-me ir
Preciso andar
Vou por aí a procurar
Rir prá não chorar
Deixe-me ir
Preciso andar
Vou por aí a procurar
Rir prá não chorar…

Quero assistir ao sol nascer
Ver as águas dos rios correr
Ouvir os pássaros cantar
Eu quero nascer
Quero viver…

Deixe-me ir
Preciso andar
Vou por aí a procurar
Rir prá não chorar
Se alguém por mim perguntar
Diga que eu só vou voltar
Depois que me encontrar…

Quero assistir ao sol nascer
Ver as águas dos rios correr
Ouvir os pássaros cantar
Eu quero nascer
Quero viver…

Deixe-me ir
Preciso andar
Vou por aí a procurar
Rir prá não chorar…

Deixe-me ir preciso andar
Vou por aí a procurar
Sorrir prá não chorar
Deixe-me ir preciso andar
Vou por aí a procurar
Rir prá não chorar…